MENUS E SUB MENUS

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

ENSINO DO VOLEIBOL

 

ORIGEM DO VOLEIBOL

O voleibol foi criado em 1895, pelo americano William George Morgan, nos EUA. No Brasil a chegada do vôlei tem duas versões:

ü  A primeira é que o vôlei foi praticado pela primeira vez aqui, em 1915, no Colégio Marista de Recife.

ü  A segunda é que o vôlei chegou ao Brasil entre 1916 e 1917, por iniciativa da Associação Cristã de Moços (ACM) de São Paulo.

CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL

Ø  O objetivo do jogo é fazer a bola cair na quadra do adversário, jogando a mesma por cima da rede; A bola não pode ser segurada;

Ø  Cada equipe pode dar até 3 toques na bola antes de passar para a quadra adversária; Cada jogador pode dar apenas 1 toquena bola de cada vez;

Ø  Cada partida é dividida em sets, que terminam quando uma das duas equipes atinge 25 pontos (tendo que haver uma diferença mínima de 2 pontos, 25x 23, 25x22, etc). Se chegar empatado em 24 a 24, ganha a equipe que abrir 2 pontos de vantagem, 26x24, 27x25;

Ø  A equipe que vencer 3 sets primeiro ganha o jogo;

Ø  Se cada equipe ganhar 2 sets e o jogo tiver que ir para o 5º set, esse 5º set vai se chamar tie-break(set desempate) e termina quando uma das equipes atinge 15 pontos, desde que abra 2 pontos de vantagem;

Ø  Cada equipe é composta por 12 jogadores, sendo 6 titulares e 6 na reserva;

Ø  Por set, cada time pode fazer 6 alterações e cada jogador pode ser substituído apenas 1 vez, com exceção do líbero, que pode entrar e sair da quadra várias vezes. E quem for substituído só poderá retornar no lugar de quem o substituiu.

Ø  No momento do saque, o jogador terá 8 segundos para colocar a bola em jogo, após o apito do árbitro e não poderá pisar na linha ou em qualquer parte da área de jogo, no momento do saque. Caso ocorra, ponto para o time adversário.

Ø  Cada equipe tem que realizar o rodízio na ordem correta, caso não faça, será marcado um ponto para o time adversário.

Ø  Jogadores que estão na zona de defesa não podem atacar depois da linha dos 3 metros, se a bola estiver acima da fita superior da rede.

ÁREAS DE JOGO

Ø  Zona de ataque: Área que os jogadores podem atacar para a quadra adversária, acima da fita superior da rede. Compreende 3 metros para cada lada da rede (é onde fica a “linha dos 3” metros).

Ø  Zona de defesa: É a zona em que a maioria das bolas rebatidas pelo ataque da outra equipe caem. Possui 6 metros de cada lado da quadra após a zona de ataque.

Ø  Zona de saque: É uma área com 9 metros de largura, atrás de cada linha de fundo.

Ø Zona de substituição: É a linha imaginária delimitada pelas linhas de ataque até a mesa do apontador (quem anota os pontos).

Ø  A quadra de voleibol deve medir 18 m de comprimento e 9m de largura;

Ø  A altura da rede deve ser de 2,43m para os homens e 2,24m para as mulheres.

POSIÇÕES DO VOLEIBOL E RODÍZIO


Ø  rodízio: movimento OBRIGATÓRIO realizado pelos jogadores da equipe que marca um ponto no saque do adversário. Sempre em sentido horário (do relógio), seguindo a sequência a seguir:

JOGADOR DA POSIÇÃO 1 vai para a POSIÇÃO 6;

JOGADOR DA POSIÇÃO 6 vai para a POSIÇÃO 5;

JOGADOR DA POSIÇÃO 5 vai para a POSIÇÃO 4;

JOGADOR DA POSIÇÃO 4 vai para a POSIÇÃO 3;

JOGADOR DA POSIÇÃO 3  vai para a POSIÇÃO 2;

JOGADOR DA POSIÇÃO 2 vai para a POSIÇÃO 1.

Existem 6 posições no voleibol, vejamos:

Ø A posição nº 1 chama-se defesa direita e é a posição de saque, de início da partida.

Ø A posição nº 2 chama-se saída de rede.

Ø A posição nº 3 chama-se meio de rede.

Ø A posição nº 4 chama-se entrada de rede.

Ø A posição nº 5 chama-se defesa esquerda.

Ø A posição nº 6 chama-se defesa central.

Ø As posições 4, 3 e 2 são de ataque, portanto, somente os jogadores que as ocupam podem atacar e bloquear dentro da zona de ataque.

Ø As posições 1, 6 e 5 são de defesa, os jogadores não podem bloquear e só podem atacar a partir da zona de defesa (atrás da linha dos 3 metros) ou se “invadirem” (passarem ou pisarem na linha dos 3 metros), deverão bater na bola, com ela estando abaixo da fita da rede (um ataque “sem potência”).

POSIÇÕES DOS JOGADORES

Existem 5 posições para os jogadores de voleibol, vejamos:


Ø  levantador – é o distribuidor das jogadas; este jogador quem arma a sua equipe, devendo ser o cérebro do time;

Ø  líbero – principal jogador de passe e defesa. Normalmente entra no lugar do jogador de meio que estiver no fundo de quadra. Único jogador que pode entrar e sair sem necessidade de paralisar a partida. Sempre usa um uniforme diferente e não pode pontuar;

Ø  jogadores de ponta – são responsáveis pelos passes da equipe, junto com o líbero, pois têm o melhor domínio com a manchete. São responsáveis pelos ataques rápidos e de força na entrada e saída de rede;

Ø  jogadores de meio de rede ou centrais – Geralmente são os de maior estatura. Sua função principal é fazer o bloqueio de meio, marcando as bolas rápidas e de diagonal, e ataques de bolas rápidas. É a função que exige certa dose de sacrifício, pois em toda jogada ele que puxa a “1ª bola” para segurar o bloqueio de meio do adversário e consequentemente liberar os seus atacantes de ponta para pegar o bloqueio simples;

Ø  oposto – é o jogador decisivo de ataque de força, ele é quem “desafoga” o levantador, principalmente nas bolas de segurança. Este jogador deverá dominar bem os ataques de ponta, meia bola, bola rápida e funda. Não precisa passar, apenas se preocupar com o ataque, bloqueio e defesa, mas sua jogada principal é o ataque de saída e fundo.

FUNDAMENTOS DO VOLEIBOL

  • Os fundamentos do voleibol são 6: saque, recepção. levantamento, ataque, bloqueio e a defesa.
  • o saque – é o fundamento que dá início a partida, pode ser feito por cima (flutuante: sem sair do chão e viagem: realizando um pulo) ou por baixo (simples: golpeando a bola de baixo para cima sem muita altura ou jornada nas estrelas: golpeando a bola de baixo para cima com muita altura );
  • a recepção – acontece após o saque, a técnica usada para fazer a recepção é a MANCHETE ou o TOQUE e o objetivo do jogador que faz a recepção, é colocar a bola na mão do levantador;
  • o levantamento –  acontece após a recepção, a técnica utilizada é o TOQUE ou a MANCHETE, tem como objetivo preparar a bola para um ataque;
  • o ataque – é feito após o levantamento, a técnica geralmente usada para fazer o ataque é a famosa CORTADA e tem como objetivo “cravar” a bola na quadra adversária. Mas qualquer bola passada para o lado adversário é considerada um ataque (seja cortada, uma recepção, um levantamento);
  • o bloqueio – é feito próximo a rede e com os dois braços esticados. Tem como objetivo bloquear o ataque de forma que a bola caia na quadra adversária ou simplesmente amortecer a bola, para que os jogadores da própria equipe consigam defender. Existem três tipos de bloqueio: individual, duplo e triplo.
  • a defesa – acontece após o ataque, quando o bloqueio não funciona. Pode ser feita de TOQUE ou MANCHETE, porém a defesa pode ser feita com qualquer parte do corpo, inclusive com os pés.






Nenhum comentário:

Postar um comentário