MENUS E SUB MENUS

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

PRÁTICAS CORPORAIS DE AVENTURA



Todos nós possuímos um espírito aventureiro, por mais que esse sentimento não seja exposto. Convenhamos quem nunca teve vontade de realizar alguma atividade diferente, meio que perigosa, em ambientes naturais ou urbanos, mas mesmo assim esbarrou ou esbarra em alguns pensamentos como este: tenho coragem não! Veremos a seguir as práticas corporais de aventura que podemos dividir em dois grupos:

Práticas corporais de aventura urbana – são realizadas em cidades, em meios artificias naturais ou indoor. Exemplos: skate, ciclismo bmx, escalada, parkour, rapel, slackline, patinação.

Práticas corporais de aventura na natureza – são realizados em ambiente natural, tendo contato direto com a natureza e com o meio ambiente. Exemplos: surfe, mountain bike, corrida de orientação, rafting, canoagem, etc.

Práticas Corporais de Aventura Urbana

Vejamos alguns exemplos de práticas corporais de aventura praticados em locais urbanos:

Skate
 - Praticada de forma recreativa principalmente, em ruas, parques das cidades ou em ambientes próprios para a prática, mas que passou a ser esporte olímpico, dividido em duas modalidades: o Skate Street e o Skate Park.
(19:05)

SKATE STREET - é praticada em obstáculos da paisagem das cidades, como escadas, monumentos, bancos, muretas, corrimões, rampas, guias de calçadas, basicamente é a rua na pista. Alguns exemplos de brasileiros conhecidos nessa modalidade: no feminino, Pamela Rosa,  Rayssa Leal, Letícia Buffoni; no masculino, Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Carlos Ribeiro.



SKATE PARK  - é praticado em uma pista conhecida como bowl, que tem o formato de uma piscina, com paredões de 3, 4 metros de altura. Quando temos um bowl com paredes menores, chamamos de banks. Alguns exemplos de brasileiros conhecidos nessa modalidade: no masculino, Luis Francisco, Pedro Quintas, Pedro Barros; no feminino, Dora Varella e Isadora Pacheco.


Cicismo BMX modalidade que se divide em dois estilos: o supercross e o freestyle. 

Supercross – faz parte do programa olímpico. Consiste em um circuito de 350 metros com oito pilotos descendo de uma rampa de oito metros de altura. Eles seguem por uma pista com muitos saltos, curvas com relevos e seções planas. Atleta Renato Resende é o mais conhecido.

Freestyle – feita de movimentos e sequências de truques. Pode ser realizado em terrenos planos, ruas, pistas de terra, em canos ou em rampas construídas. Nas competições, os corredores são avaliados pela qualidade de desempenho (dificuldade, originalidade e estilo). 



Escalada – praticado em ambientes naturais e também urbanos. Pode ser praticada de forma recreativa em montanhas por exemplo, ou de forma competitiva, pois passou a ser modalidade olímpica. Vejamos duas categorias: Escalada Esportiva de Velocidade e Escalada Esportiva de Dificuldade.



Escalada Esportiva de Velocidade - disputada em um paredão de 15 metros de altura, as baterias acontecem sempre entre dois atletas, classificando para a próxima etapa, o vencedor da bateria.

Escalada Esportiva de Dificuldade - dividida em boulder e lead(dificuldade).

Boulder - as paredes tem em torno de 4 metros de altura. Como são mais baixas, os atletas não usam cordas, a segurança é feita por colchões colocados embaixo. Nele, costuma haver setores no paredão, que apresentam desafios diferentes. Um setor pode ter ângulo negativo recortado; outro, ser uma reta negativa; Você tem cerca de 5 minutos para fazer cada desafio, em média. O tempo varia de acordo com a competição.


Lead - É realizada em muros de cerca de 15 metros de altura. O atleta vencedor é aquele que chega mais alto, superando todos os desafios que os caminhos de agarras montados por especialistas oferecem. Cordas são utilizadas para segurança, devido à altura, mas o atleta não pode usá-las para se erguer. Ele conta apenas com as agarras. A principal característica da modalidade é a resistência, pois são escaladas longas e difíceis.


Veja o vídeo que explica como vai ser a disputa olímpica.

Parkour (PK) ou arte do deslocamento - Essa prática tem como objetivo, tentar encontrar um meio de fazer os caminhos que as pessoas normalmente fariam andando, de maneiras diferentes. Para isso ele observa o caminho a ser percorrido e traça uma trajetória que seja simples, rápida e eficaz. Ultrapassando obstáculos, como muros, carros, vãos (espaços vazios) sempre passando de um ponto a outro da forma mais eficiente possível. Essa prática foi originada na França e vem do francês parcour, que significa percurso. O pioneiro dessa modalidade foi David Belle que se inspirou em técnicas de salvamento dos bombeiros e os seus praticantes são chamados de traceurs. Surgiu no Brasil no ano de 2004, sendo praticado em ruas e academias. No país, a principal associação é a ABPK, que é a Associação Brasileira de Parkour, responsável por organizar eventos nacionais.




No Parkour existem várias manobras, vejamos algumas:
- a escalada (geralmente em muros);

- o big jump, é um salto de um local onde tenha 3 metros ou mais;

- o tic tac, é quando o traceur (praticante) chuta um obstáculo para ganhar impulso suficiente para ultrapassar outro que esteja em seu caminho (tipo apoiando com os pés);

- o salto de precisão, o praticante deve saltar de um ponto a outro e ficar estático na aterrissagem. Mas por qual motivo isso deve ocorrer? simples, essa manobra é realizada em locais altos, então cair para frente ou para trás, irá causar uma queda bem perigosa;

- o cat leap ("salto de gato"), é um tipo de salto que por causa da distância, impede que o traceur (praticante de parkour) chegue com os pés ao outro obstáculo. Um dos pés bate primeiro na parede, para absorver o impacto e uma das mãos é usada em seguida.

- o king kong vault, é a transposição de um obstáculo usando as mãos para impulsionar o corpo, como se fosse um gorila.

Rapel - prática que consiste em descer com o auxílio de cordas, prédios ou paredões altos, de forma vertical. Muito usada no auxílio de resgates.
Slackline – é uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos que possibilita o praticante realizar manobras sobre ela, como um efeito parecido de uma cama elástica.



Patinação - prática esportiva onde se utilizam um par de patins, podendo ser ao ar livre, em ginásios, em pistas de gelo, etc. A patinação possui diversas formas de disputa, como as provas realizadas nos jogos Pan-Americanos (patinação artística, patinação de velocidade) e as provas disputadas nas olimpíadas de inverno (patinação artística, patinação de velocidade em pista longa e pista curta). 





Práticas Corporais de Aventura na Natureza


Surfe – esporte olímpico bastante praticado nas praias pelo mundo, seja de forma amadora ou profissional. Basicamente consiste em realizar manobras de dificuldades diversas nas ondas do mar, em cima de uma prancha.


Mountain Bike
 - esporte olímpico praticado geralmente em terrenos acidentados com partes planas, declives e subidas.



Corrida de Orientação - é um esporte no qual os competidores navegam de forma independente através do terreno. Os competidores, auxiliados somente por mapa e bússola, devem visitar no menor tempo possível uma série de pontos de controle marcados no terreno. O percurso, definido pela localização dos pontos de controle, não é revelado aos competidores antes de suas partidas.

Rafting - consiste na prática de descida de corredeiras em equipes, utilizando botes infláveis e com materiais de segurança.

Canoagem - esporte olímpico praticado de forma recreativa e profissional. A canoagem nas olimpíadas possui modalidades distintas, a canoagem de velocidade e a canoagem slalom. Vejamos:

Canoagem de Velocidade consiste em provas com distâncias determinadas, mas de percurso reto “plano”, onde o objetivo é chegar na frente dos adversários no menor tempo possível.


Canoagem Slalomconsiste em provas de descidas em corredeiras naturais ou artificiais, sendo obrigatória a passagem entre as portas (postes) colocados ao longo do percurso, com acréscimo de tempo a cada porta (poste) que o atleta encostar ou não passar. Vence quem fizer a distância da prova no menor tempo.





Arvorismo - prática onde ocorre uma montagem de trilhas, passarelas, tirolesas, enfim, atividades suspensas utilizando o auxílio de cordas e cabos de aço.




ATIVIDADE

1- O que são as práticas de aventura urbana?

2- Cite exemplos de práticas de aventura urbana.

3- O que são as práticas de aventura na natureza?

4- Cite exemplos de práticas de aventura na natureza.

5- O skate é uma prática comum nas ruas, principalmente de grandes cidades. Quais as duas modalidades do skate que se tornaram olímpicas?

6- O que é o ciclismo BMX?

7- Fale sobre a escalada.

8-Qual o significado da palavra PARKOUR e qual o objetivo dessa modalidade?

9- O que é o rapel?

10- Fale sobre o slackline.

11- Fale algumas formas de disputa da patinação.

12- O que é o Mountain Bike?

13-A canoagem é um esporte olímpico dividido em duas categorias. Quais são elas?

14- Um dos esportes mais em ascensão é o surfe. Comente sobre essa modalidade esportiva.

15- O que é a corrida de orientação?

16- O que é rafting?

17-O brasil possui um atleta de nome Isaquias Queiroz, primeiro brasileiro a conquistar 3 medalhas em uma mesma olimpíada, no RIO-2016. Fale sobre a modalidade desse atleta, a canoagem de velocidade.

18- Defina a canoagem slalom.

19- Fale sobre o arvorismo.

20- Qual dessas práticas corporais de aventura você já realizou e qual ou quais tem vontade de praticar?



*Para acessar a atividade específica sobre o parkour, clique AQUI.





Um comentário:

  1. Boa Tarde

    como faço pra ter acesso a esse e outros materiais?

    desde já agradeço atenção.

    ResponderExcluir