MENUS E SUB MENUS

terça-feira, 23 de junho de 2020

FUTSAL - ORIGEM - REGRAS BÁSICAS - POSIÇÕES E SISTEMAS TÁTICOS

FUTSAL






Nesse artigo você encontrará informações sobre uma das modalidades esportivas mais populares. Pode ser que muitas pessoas considerem o futsal, uma variação do futebol, mas convenhamos, existem belas diferenças entre quem pratica ambos os esportes. Nem sempre quem é considerado um bom praticante de futebol, também será bom no futsal e o contrário também ocorre. Mas de forma lúdica, meio de diversão, de integração social, o futsal é uma ótima atividade. Quem nunca participou de um "racha" de futsal?! Sei que muitos não, mas falo em relação a quem já fez isso.


Um esporte que mudou muito ao longo do tempo, se tornou mais dinâmico, ganhou uma popularidade maior, principalmente depois que a FIFA passou a ser o principal órgão da modalidade, mas essa mesma entidade acaba fazendo com que o futsal não seja um esporte olímpico, ao não querer que o torneio olímpico da modalidade tenha tanta importância quanto a Copa do Mundo de Futsal por ela organizada. Fato triste para os amantes desse esporte e para quem quer ver novidade e mais um esporte coletivo dentro das disputas olímpicas.

O futsal é um dos esportes mais populares do Brasil, o país que possui o maior número de conquistas internacionais dentro da modalidade. Outros países que historicamente se destacaram são Paraguai, Argentina, Espanha, Rússia, Portugal, Itália, Estados Unidos, Irã, Holanda.

Vale salientar que muitos países, em especial na Europa, usaram de um argumento permitido: a naturalização, fato que levou muitos brasileiros a competirem por países como: Itália, Azerbaijão, Cazaquistão, Rússia, Portugal, Espanha e por ai vai. Essas naturalizações levaram a um acontecimento no mínimo curioso na final da Copa do Mundo, disputada na Colômbia, entre Argentina e Rússia. Os argentinos venciam a partida e nos últimos dois minutos se observou a presença considerável de "brasileiros" em quadra, quando quatro dos cinco titulares da seleção russa, eram brasileiros naturalizados. Infelizmente para os russos, isso não adiantou e a Argentina se sagrou campeã.

Vejam a seguir um pouco mais dessa modalidade tão popular!

Origem


A prática do Futsal ou Futebol de Salão data da década de 30, onde as peladas de várzea começaram a ser adaptadas às quadras de Basquete e pequenos salões. As primeiras regras surgidas foram fundamentadas no Futebol, Basquete, Handebol e Pólo Aquático. Essas regras foram
organizadas pelo professor Juan Carlos Ceriani da ACM (Associação Cristã de Moços), em Montevidéu no Uruguai, país onde se originou o futsal.

No Brasil, o Futebol de Salão começou a ser praticado também na década de 30, chegando aos clubes recreativos e escolas regulares. Em março de 1958, a então Confederação brasileira de Desportos – CBD, oficializou a prática do Futebol de Salão no Brasil. Em 1959 acontece em São Paulo o primeiro Campeonato Brasileiro de Seleções, sendo vencido pelo Rio de Janeiro.

No final da década de 70 é fundada no Rio de Janeiro a atual Confederação Brasileira de Futebol de Salão – CBFS – tendo como seu primeiro presidente Aécio de Borba Vasconcelos. Na década de 90, o Futebol de Salão passou a se chamar Futsal.

Embora as primeiras regras tenham surgido no Uruguai, coube aos brasileiros a responsabilidade pelo crescimento, divulgação e ordenação do Futsal como modalidade esportiva. O futsal é, portanto, um “esporte brasileiro”.




REGRAS BÁSICAS DO FUTSAL


·Quadra de jogo: a quadra deve ser retangular com um comprimento variando entre 38 e 42m (máximo) e largura de 20m (mínimo) e  25m (máximo).

· Bola: nas categorias Adulto, Sub 20 e Sub17, a bola deverá pesar 440g (máximo) e 400g (mínimo). Nas categorias Sub 15 e feminino deverá ter 380g (máximo) e 350g (mínimo).

·Número de atletas: cada equipe deverá ter 5 atletas em quadra. No banco de reservas poderão ficar no máximo 7 jogadores.

·Duração da partida: 40 minutos divididos em dois tempos de 20 minutos, com intervalo de 10 minutos.

·Tiros livres: pode ser direto ou indireto e nenhum jogador poderá ficar a menos de 5m da bola.

·Faltas acumulativas: a partir da sexta falta acumulativa será cobrado um tiro livre direto (sem barreira) na marca de 10m.

·Penalidade máxima: nas faltas cometidas dentro da área do defensor, será cobrado uma penalidade máxima e todos os atletas (com exceção do goleiro) deverão ficar fora da área.

·Tiro de lateral: Pode ser cobrado com o pé em cima da linha lateral ou totalmente fora da quadra, mas a bola ficará em cima da linha e parada. O atleta terá 4 segundos para realizar a cobrança. Não vale gol de lateral, a não ser que a bola toque em alguém antes de entrar no gol.

·Arremesso de meta: acontece sempre que a bola ultrapassar a linha de meta(a do goleiro) pelo alto ou pelo solo, sendo colocada pela equipe atacante. O goleiro terá 4 segundos para colocar a bola em jogo.

·Tiro de canto: O atleta terá 4 segundos para realizar a cobrança.

·O goleiro recebendo a bola recuada: o goleiro após receber a bola vinda de um companheiro que esteja em sua quadra de defesa deverá se livrar da mesma em até 4 segundos ou passar para a quadra de ataque nesse tempo, Ele dentro de sua quadra de defesa poderá receber a bola recuada apenas 1 vez, se receber a segunda vez, será marcado um trio livre indireto (dois lances) para a equipe adversária. Quando o mesmo receber ou passar com a bola para a quadra de ataque, poderá ficar o tempo que quiser com a mesma e receber quantos recuos quiser.

·Substituições: são ilimitadas, ou seja, quantas quiser, tendo que respeitar o local destinado para que isso ocorra (zona de substituição). Lembrando que o jogador que vai entrar deve esperar o companheiro sair da quadra para poder entrar;

·Algumas modificações 2020: 

  *O goleiro não poderá mais lançar a bola direto para a quadra de ataque, ou seja, além da linha central. Caso isso ocorra, será cobrado um tiro livre indireto no local onde a bola ultrapassou a linha central, a favor da equipe adversária; *As disputas de pênaltis voltam a ter 5 cobranças para cada equipe; *Os jogadores podem receber a bola dentro da área do goleiro; *Na saída de bola, o jogador que for cobrar não precisa mais ficar em sua meia quadra, a bola ficará em jogo, quando for chutada de qualquer forma, ou seja, valerá o gol do pontapé de saída.

POSIÇÕES DO FUTSAL


Existem 5 posições no futsal, são elas:

GL – goleiro           AD- ala direito       AE- ala esquerdo     
FX – fixo         PV - pivô
                                        

Posicionamento básico dos atletas de futsal


A figura a seguir mostra o posicionamento dos atletas em quadra de acordo com as suas posições.



SISTEMAS TÁTICOS

Cinco são os sistemas táticos utilizados no Futsal:

  · 2 x 2  (dois dois)          · 2 x 1 x 1  (dois um um)      
   · 3 x 1  (três um)           · Rodízio de 3             · Rodízio de 4

O SISTEMA 2 x 2 (dois dois)


Pioneiro entre os sistemas, surgido na década de 50, consiste em ter dois alunos posicionados na meia quadra defensiva e dois na meia quadra ofensiva. O posicionamento básico pode variar dentro dos espaços, de acordo com as características técnicas de cada um.





O SISTEMA 2 x 1 x 1 (dois um um)


Este sistema é uma variação do 2 x 2 e consiste em ter dois alunos posicionados em sua meia quadra  defensiva, estando um a cada lado da área, um terceiro posicionado na altura da linha central da quadra próximo a lateral, o quarto na meia quadra ofensiva próximo ao pênalti.


O SISTEMA 3 x 1 (três um)


O sistema 3 x 1 surgiu a partir da configuração do 2 x 1 x 1, mudando basicamente o posicionamento dos alas em relação ao espaço de jogo consistindo em ter o fixo posicionado  na altura da marca de penalidade máxima de sua quadra defensiva, com os alas abertos nas laterais um pouco mais à frente, ainda na meia quadra defensiva, e o pivô posicionado na meia quadra ofensiva próximo à marca do pênalti.

         



RODÍZIO DE TRÊS


A pouca mobilidade dos sistemas anteriores, de certa forma facilitava em muito a marcação. objetivando envolvê-la, as manobras ofensivas passaram a ser executadas dentro de uma movimentação constante. Surgiu então, o sistema de rodízio.


   

RODÍZIO DE QUATRO


A movimentação ordenada entre os quatro componentes da equipe, é uma das principais características do sistema, requerendo dos seus participantes um alto grau de concentração e sincronização durante os deslocamentos, cujo principal objetivo é abrir espaço para possíveis infiltrações.


    


Nenhum comentário:

Postar um comentário